Pericoronarite: o que é, causas e tratamento

Dentista que faz lentes de contato dental
Dra. Natália Morales é especialista em Endodontia, Implantodontia, Prótese Dentária e Odontologia 3d e dedica-se há 14 anos em atendimento de pacientes com odontofobia. Referência em atendimento humanizado.

A saúde bucal é fundamental para o bem-estar geral do corpo, e um dos problemas que podem afetar a cavidade oral é a pericoronarite.

Apesar de ser uma condição comum, muitas pessoas ainda não têm conhecimento sobre essa doença e seus efeitos no organismo. Neste artigo, vamos discutir sobre a pericoronarite, desde o que é até suas causas e tratamentos.

É importante que todos saibam como identificar e tratar a pericoronarite para manter uma boa saúde bucal.

O que é a Pericoronarite?

A pericoronarite é comumente associada aos dentes do siso, os últimos molares a nascerem na boca, que geralmente aparecem entre os 17 e 25 anos de idade.

A pericoronarite é uma condição comum na qual o tecido gengival ao redor dos dentes do siso fica inflamado. Ela ocorre quando o dente do siso não consegue emergir completamente da gengiva e, portanto, acaba retido parcialmente. Isso cria uma bolsa que acumula restos alimentares e bactérias, causando inflamação e dor.

A pericoronarite pode ser aguda ou crônica, e seus sintomas incluem dor, vermelhidão, inchaço e mau hálito. Em alguns casos, pode ocorrer uma infecção mais grave, que se estende além da boca e pode afetar outras partes do corpo.

A condição é mais comum em adultos jovens, quando os dentes do siso começam a nascer, mas pode ocorrer em qualquer idade.

É importante ter conhecimento sobre a pericoronarite para que possa ser diagnosticada e tratada precocemente. Quando não tratada, a pericoronarite pode evoluir para infecções mais graves, afetando a saúde bucal e geral do paciente.

Além disso, é importante conhecer as causas da pericoronarite e como preveni-la. Manter uma boa higiene bucal, realizar consultas odontológicas regulares e avaliar a necessidade de remoção dos dentes do siso são algumas das medidas que podem ajudar a prevenir a pericoronarite.

Por isso, ao entender o que é a pericoronarite e sua importância, é possível tomar medidas preventivas e buscar tratamento quando necessário, garantindo a saúde bucal e geral em dia.

Por que a pericoronarite ocorre?

A pericoronarite ocorre quando há acúmulo de placa bacteriana e alimentos na região em torno do dente do siso parcialmente erupcionado. A placa bacteriana é uma camada pegajosa de bactérias que se forma sobre os dentes e gengivas, e se não for removida adequadamente, pode levar à inflamação e infecção da gengiva.

Em alguns casos, a pericoronarite pode ocorrer devido a uma mordida desalinhada, que coloca pressão adicional sobre a área do dente do siso, tornando-o mais difícil de limpar corretamente.

Agora que você sabe mais sobre a definição e características da pericoronarite, bem como a localização do dente do siso e as principais causas da inflamação, é importante ficar atento aos sintomas e procurar um dentista se sentir dor ou inchaço na região da gengiva.

Lembre-se que a prevenção é a melhor forma de evitar a pericoronarite, e fazer uma boa higiene bucal, incluindo a limpeza regular dos dentes do siso, pode ajudar a evitar essa condição.

Quais são os sintomas da Pericoronarite?

Os principais sintomas da pericoronarite incluem:

  • dor de dente
  • inflamação e vermelhidão da gengiva
  • dificuldade para abrir a boca
  • mau hálito
  • febre e mal-estar geral

A dor geralmente é mais intensa na área afetada e pode se estender para a mandíbula e pescoço. A inflamação e vermelhidão da gengiva são causadas pelo acúmulo de bactérias e detritos alimentares na área, o que pode levar à formação de abscessos.

A dificuldade para abrir a boca é causada pelo inchaço da gengiva, que pode afetar o movimento da mandíbula. O mau hálito é resultado do acúmulo de bactérias na região afetada e pode se tornar um problema crônico se não for tratado adequadamente.

A febre e o mal-estar geral são sintomas menos comuns, mas podem indicar uma infecção mais grave.

É importante buscar ajuda odontológica assim que os sintomas da pericoronarite se manifestarem. O tratamento pode incluir a prescrição de antibióticos para combater a infecção, anti-inflamatórios para aliviar a dor e a inflamação, e, em casos mais graves, pode ser necessário realizar uma cirurgia para remover o dente do siso.

Lembre-se de que a prevenção é sempre a melhor opção, e manter uma boa higiene bucal e fazer visitas regulares ao dentista podem ajudar a evitar a pericoronarite e outras condições dentárias desagradáveis.

Diagnóstico e tratamento da Pericoronarite

O diagnóstico da pericoronarite é realizado por um dentista por meio de um exame clínico e radiográfico.

Durante o exame clínico, o dentista irá avaliar a área ao redor do dente do siso, procurando por sinais de inflamação e vermelhidão na gengiva, presença de pus, inchaço e outros sintomas associados à pericoronarite.

Além disso, o dentista pode solicitar radiografias para avaliar a posição do dente do siso e a extensão da inflamação. Com essas informações, o dentista pode determinar se a pericoronarite está em um estágio inicial ou avançado e definir a melhor abordagem para o tratamento.

É importante buscar atendimento odontológico assim que surgirem os sintomas da pericoronarite, para que o diagnóstico seja feito o mais cedo possível e o tratamento possa ser iniciado rapidamente.
O tratamento precoce pode ajudar a prevenir complicações mais graves e reduzir o desconforto e a dor associados à pericoronarite.

Tratamento da pericoronarite

Quando se trata de tratar a pericoronarite, é importante buscar ajuda profissional imediatamente. O tratamento precoce pode ajudar a aliviar os sintomas e evitar complicações mais graves.

O tratamento para a pericoronarite depende da gravidade da inflamação. Em casos leves, o dentista pode simplesmente prescrever antibióticos e analgésicos para controlar a dor e o inchaço. No entanto, em casos mais graves, pode ser necessário realizar a extração do dente do siso afetado.

Durante o tratamento, é importante manter uma boa higiene bucal e seguir as orientações do dentista. Isso pode incluir enxaguantes bucais com soluções antibacterianas, compressas quentes ou frias na região afetada e evitar alimentos duros ou pegajosos.

Em alguns casos, pode ser necessário realizar uma cirurgia para remover o excesso de gengiva que está causando a inflamação. Em outros casos, pode ser necessário fazer uma incisão para drenar o pus acumulado no local.

É importante lembrar que o tratamento da pericoronarite deve ser feito por um dentista experiente e qualificado. Se você estiver com sintomas de pericoronarite, entre em contato com a nossa equipe para agendar uma consulta e receber o tratamento adequado.

Cuidados e prevenção da Pericoronarite

Embora seja possível tratar a pericoronarite, a melhor maneira de lidar com essa condição é preveni-la. Aqui estão alguns cuidados e medidas preventivas que você pode adotar para evitar a pericoronarite:

– Mantenha uma boa higiene oral: a escovação e o uso do fio dental diariamente são fundamentais para prevenir a pericoronarite. Além disso, o uso de enxaguante bucal pode ajudar a matar as bactérias causadoras de doenças bucais.

– Visite o dentista regularmente: o check-up odontológico é a melhor maneira de garantir que a sua boca esteja saudável e de detectar quaisquer problemas precocemente. O dentista também pode ajudar a monitorar a erupção dos dentes do siso e prevenir a pericoronarite.

– Realize a extração do dente do siso: se o seu dentista determinar que o seu dente do siso precisa ser extraído, é importante seguir as instruções de cuidados pós-operatórios para ajudar a prevenir a pericoronarite.

– Evite alimentos duros ou pegajosos: mastigar alimentos duros ou pegajosos pode causar irritação na gengiva ao redor do dente do siso e levar à pericoronarite.

– Mantenha uma dieta saudável: uma dieta equilibrada e rica em nutrientes é essencial para a saúde oral e geral. Consuma alimentos ricos em cálcio e vitamina D, pois eles são fundamentais para a saúde dos dentes e ossos.

Adotar esses cuidados e medidas preventivas pode ajudar a prevenir a pericoronarite e manter a sua saúde oral em dia. Lembre-se de que, se você notar quaisquer sintomas de pericoronarite, é importante consultar um dentista imediatamente para obter o tratamento adequado.

Acompanhamento após a extração do dente do siso

O acompanhamento após a extração do dente do siso é uma etapa importante do tratamento da pericoronarite. Após o procedimento, o dentista deve orientar o paciente sobre os cuidados necessários para a cicatrização e prevenção de complicações.

É comum que o paciente apresente dor e inchaço após a extração, por isso, o dentista pode prescrever analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar os sintomas. Além disso, é importante que o paciente siga as orientações do dentista sobre a higiene bucal, evitando a escovação na região da extração durante os primeiros dias e fazendo bochechos com água morna e sal.

O acompanhamento após a extração do dente do siso pode ser feito em consultas de retorno, nas quais o dentista avaliará a cicatrização e possíveis sinais de infecção ou outras complicações. O número de consultas pode variar de acordo com a gravidade do caso e a necessidade de acompanhamento individualizado.

Além do acompanhamento após a extração do dente do siso, é importante que o paciente mantenha uma boa higiene bucal e evite fumar e consumir alimentos muito duros ou quentes durante o período de recuperação. Essas medidas ajudam a prevenir a pericoronarite e outras complicações relacionadas à extração do dente do siso.

Ao seguir as orientações do dentista e manter uma rotina adequada de cuidados e prevenção, é possível evitar a recorrência da pericoronarite e outras complicações relacionadas ao dente do siso. O acompanhamento adequado também garante a recuperação rápida e eficaz do paciente, preservando sua saúde bucal e bem-estar geral.

Conclusão

Em resumo, a pericoronarite é uma condição comum que pode afetar pessoas com os dentes do siso em erupção. É importante reconhecer os sintomas e buscar ajuda de um profissional de odontologia para diagnóstico e tratamento adequado.

Com o acompanhamento de um especialista, é possível aliviar os sintomas e prevenir complicações mais graves.

Se você está com sintomas de pericoronarite, não hesite em agendar uma consulta na clínica Odonto Liuzzi para cuidar da sua saúde bucal e prevenir problemas futuros. Entre em contato para mais informações.

Cuide da sua saúde bucal e sorria com confiança!

Gostou do nosso artigo? Então, aproveite sua visita ao blog e leia o artigo Check-up odontológico: qual a importância e o que faz parte dele? Descubra agora!

Curtiu essas informações? Então siga a Odonto Liuzzi nas redes sociais para receber mais conteúdos interessantes como este!

Pergunta que eu te respondo

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Email
Print

Leia mais

Você sabe o que mais nos motiva para buscar cada vez mais conteúdos relevantes?

Saber que você gostou !! Milhares de pacientes sofrem com medo de dentista, e com certeza têm alguém agora Online em desespero.  Assim como eu que escrevo, você também pode ajudar . Então deixei os links aqui ao lado para te ajudar. 

Últimas notícias

Categorias
Tags
Cadastre-se e receba nossa Newsletter
Abrir bate-papo
Estamos Online
Clínica Dentária Humanizada
Procurando por Atendimento de Qualidade? 👋
Estamos online!